terça-feira, 30 de agosto de 2011

SEQUÊNCIA DIDÁTICA: MEU NOME


Área de formação: Linguagem Oral e Escrita

Justificativa: Na pré-escola, a criança inicia o processo de letramento, reconhecendo algumas letras, palavras e a função dessas na sociedade. Surge então a curiosidade da própria criança em aprender a ler e escrever. Nessa sequência didática, atividades diversificadas serão realizadas para iniciar esse processo, incentivando a escrita do nome próprio.

Objetivos:
- Conhecer a história e o significado de seu nome.
- Reconhecer as letras que fazem parte de seu nome.
- Traçar corretamente o nome.
- Reconhecer seu nome e o nome dos colegas.

Tempo: 2 meses, 3 vezes por semana.

Faixa etária: 4 a 5 anos (pré escola)

Material:
Papel cartão (para confecção de crachás)
Folha de papel sulfite (para atividade “adivinha meu nome”)
Canetinha (para atividade “adivinha meu nome”)
Papel crepom (para fazer bolinhas que serão utilizadas no bingo)
Papel cartão (para confecção dos crachás)
Giz de quadro (para escrever o nome no quadro)
Computador (para digitar o nome)

Desenvolvimento:

1ª. etapa: A história do meu nome.
Para introduzir a temática, a professora pode iniciar uma roda de conversa questionando as crianças qual a importância do nome das pessoas e quem escolheu o seu. A partir desta conversa, irá gerar a curiosidade da origem e significado do nome. Então, a professora irá perguntar para as crianças se elas sabem o motivo de terem o nome que tem. Depois explicará que cada nome tem um significado e então contará para as crianças o significado do seu nome.
Para finalizar essa etapa, a professora pedirá aos pais que escrevam na agenda a história do nome do seu filho/a para ler para as crianças em sala de aula.

2ª. etapa: Bingo dos nomes
Sentados à mesa, em grupos de 4 crianças, cada uma receberá uma cartela com quadro nomes (somente nomes das crianças da sala e das professoras / educadoras) e receberá também um pedaço de papel crepom para picotar e fazer bolinhas que servirão para marcar os nomes sorteados pela professora.
Cada nome sorteado ficará exposto no quadro para a visualização da turma. O aluno que marcar quatro dos nomes sorteados pela professora , faz “BINGO” e ganha um brinde.
Antes de começar a jogar, a professora explicará para as crianças quais são as regras do bingo.

3ª. etapa: Adivinha meu nome
Em roda realizada dentro da sala, a professora irá mostrar para as crianças uma cartela com apenas algumas letras, numa espécie de “forca dos nomes”, respeitando os espaços e a ordem das letras dos nomes de cada criança. Por exemplo, o nome MARIA, seria apresentado assim: M_R_A.
A professora fará as seguintes perguntas:
- Quem é o dono desse nome?
A criança que deduzir que é o seu nome, deverá responder como chegou a essa conclusão:
- Como você sabe que esse nome é o seu?
- Essas letras também aparecem no nome do fulano(a), como você sabe que é o seu e não o dele?
Então, após a resposta da criança, será entregue a ela uma canetinha para que  complete a cartela com as letras que estão faltando. A criança irá mostrar para o restante da turma que aquele nome era realmente dela.
Essa atividade será feita com todas as crianças, porém em dias diferentes para que não se torne cansativa e nem disperse a atenção das crianças.

4ª. etapa: Confeccionando crachás
As crianças irão confeccionar um novo crachá utilizando o computador. Primeiramente, em roda de conversa, a professora questionará os alunos sobre o computador: quem sabe o que é, quem tem, para que serve. Então chamará em duplas as crianças para observarem as letras nas teclas do teclado e tentarem encontrar e digitar as letras do seu nome, para produzirem um novo crachá. Depois de digitar, as crianças deverão pegar o crachá antigo (esse primeiro, confeccionado no início do ano) para conferir se o nome que elas digitaram é igual ao nome escrito no crachá. Essa atividade será realizada com todos as crianças da turma, em duplas, enquanto os demais estarão brincando nos cantos de aprendizagem. A professora irá imprimir os nomes digitados, irá recortá-los e irá colar cada um em papel cartão.

5ª. etapa: Quadro dos crachás
Durante a chamada, a professora irá entregar para cada criança o seu crachá.
Após a chamada, para a realização dos cantos diversificados de aprendizagem, a professora, primeiramente, dividirá o quadro em cinco partes: cada uma dessas partes corresponderá a um cantinho, por exemplo: “cantinho da escolinha”, “cantinho dos jogos”. Em cada cantinho brincarão 5 crianças por vez, portanto, em cada espaço do quadro deverá ser subdividido em 6 partes: na primeira estará escrita o nome do cantinho e nas outras 5 as crianças colocarão os nomes (cada uma no cantinho em que irá brincar). Por exemplo:

CANTINHO DO CARRINHO
CANTINHO DA ESCOLINHA
CANTINHO DA CASINHA
CANTINHO DOS JOGOS
CANTINHO DA LITERATURA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA
CRACHÁ COM O NOME DA CRIANÇA


6ª. etapa: Escrevendo meu nome
Utilizando o mesmo procedimento do “quadro dos crachás”, mas com um nível de dificuldade maior: ao invés de colocar o crachá no espaço correspondente ao cantinho de aprendizagem, a criança deverá escrever com giz o seu nome no quadro.





Observação: A etapa 6 não será pontual, será apresentada nessa sequência didática, mas a partir dela estará presente diariamente na organização dos cantos de atividades diversificadas. A partir dessa sequência didática também, as crianças deverão escrever o seu nome em todas as suas produções para identificá-las.

Avaliação: Será avaliada a participação, envolvimento, organização das crianças. Durante a realização da sequência didática, a professora irá avaliar se as crianças reconhecem o seu nome e o nome de alguns colegas e, ao final da sequência, quais crianças escrevem o nome próprio com o auxílio do crachá e quais escrevem sem auxílio.

* Considerações das profissionais:
A presente sequência didática contribui muito para o avanço na escrita do nome próprio. As crianças aprenderam brincando, adoraram saber de onde vem o seu nome e, principalmente, demonstraram bastante interesse no uso do computador. Foi um trabalho muito significativo!
Milene Silveira e Kasiane Alves (CMEI Professor Osny Dacol).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário